Mamãe agora eu compreendi





Certo dia eu percebi minha existência, que Deus fez surgir a minha vida no seio e no ventre da minha mamãe. Desta forma eu sou vida da vida da minha mamãe, que é vida de Deus.

Minha vida deveria trazer muita alegria para minha mamãe, mas só lhe trouxe tristeza. Diante disso, eu sem saber o porquê, sofria junto com minha mamãe. A minha dor se tornou maior quando percebi que a causa do sofrimento de minha mamãe, era a minha própria vida.
Minha mamãe me ama desde o primeiro segundo de minha vinda a este mundo, mas me rejeitou com a mesma intensidade.  Eu preciso tanto saber entender, mas não consigo devido á minha pouca idade.
A minha existência era tão forte, que nas dores de agonia, minha mamãe dentro do seu desespero tentou contra a minha vida e a dela também, mas nesta triste hora, o Amor foi mais forte do que a insustentável dor
Enquanto crescia, eu fui percebendo que causava tanto sofrimento á minha mamãe, mas ao mesmo tempo, tanta felicidade, realmente uma controversa.
Minha mamãe adora quando eu lhe penteio os cabelos com todo o meu carinho, agora não mais filial, mas maternal, mais uma controversa, como pode filha se tornar mãe de sua própria mãe?
O sofrimento fez com que eu viesse amadurece ainda muito jovem; diante disso e do destino, eu casei e fui morar em outro continente, causando a uma dor insustentável para minha mãe, a dor da saudade da filha ausente fisicamente, uma dor tão forte que só uma mãe sabe o seu real significado.  Longe dos olhares de minha mamãe, eu senti que ela sofria por não mais poder desfrutar do meu olhar filial e maternal ao mesmo tempo.
Embora ainda seja muito jovem, não sou mais uma garotinha, pois preciso assumir com muita responsabilidade a escolha que fiz, minhas asas estão cresceram longe do seio maternal, elas precisam crescer fortes, para apreender a voar sem medo de nada ou coisa alguma, mesmo ao centro da dor, rumo ao desconhecido. 
Diante da minha nova vida meu coração não se desliga de minha mamãe, pois sinto uma dor tão forte que, não existem palavras nesta vida que possam decifrar o que eu estou sentindo. Estou sentindo o quanto minha mamãe está sofrendo pela escolha que eu fiz, o seu sofrimento é muito maior do que eu sofro com sua rejeição, e ao me recordar que um dia ela tentou contra minha vida.

Agora como esposa de meu marido, eu também me  tornei mamãe de dois filhinhos, mas minha felicidade como mãe, logo é ferida, pois Papai do Céu, age em meu coração e leva para Ele uma parte de mim, o meu filho.  O meu coração está dilacerado pela partida de meu filhinho para o céu, é como tivesse faltando um pedaço de meu coração. Contudo, o meu sofrimento por maior que seja ainda é bem menor do que minha mamãe está vivenciando com minha vinda para este continente. Sim, porque embora a saudade de meu filhinho seja eterna, eu sei que ele está bem, está junto ao seu e meu Papai do Céu; já eu estou bem, mas minha mamãe vive com o coração apertadinho, por conta de não saber o que está acontecendo comigo, se estou bem e feliz, ou desprotegida e sofrendo. Coisa de mãe, que só fica bem com seu filhinho/a debaixo de seu olhar e conchego maternal, agora que sou mamãe também, eu compreendi e senti com mais profundidade o sentimento do coração de minha mamãe.
Em minha vida não é tudo sofrimento, pelo contrario ao centro a tanta dor, eu reconheci o verdadeiro amor. Amor que nos dá graças especiais as quais fazem nossa vida ter sentido, e compreender as atitudes e emoções das pessoas que nos amam, neste caso a minha mamãe, que agora junto ao papai do céu, eu compreendi a frase que ela me dizia, quando eu era ainda menininha, “quando tu fores mãe, ai, tu saberás o que é”  Sim hoje eu sei e sinto o que ela queria dizer, pois ser mãe de filho/a que está junto da gente é muito mais fácil, mas quando ele está longe da gente fisicamente é que é difícil. É demais doloroso sentir as emoções do coração do nosso filho/a e nós ficamos de mãos atadas devido ao tempo e a distância, que impedem sejamos  as mães  que tanto nos almejados.
Quero dizer a minha mamãe, que agora eu compreendi!
Mamãe me perdoa pela dor que te causei, não foi por mal, eu não sabia.
Mamãe hoje eu te amo incondicionalmente nos corações de meus filhos.
Mamãe eu posso a sentir dentro do meu coração, mais forte do que nunca, pois eu sei que você e uma gotinha de Amor.
Uma gotinha da essência de Deus!
            

Comentários

  1. Como "mães" bebemos dessa essência maternal para nosso fortalecimento e todas as provações que a vida venha nos oferecer! Belo post! Uma reflexão de vida para a vida!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  2. Estou bem afastada ,mais as saudades que sinto
    chega dói meu coração.
    Por meio dessas poucas palavras estou
    passando para deixar meu carinho,
    e dizer de uma forma ou de outra vou fazer
    de tudo para jamais ser esquecida.
    Foi para uma comemoração junto de todos
    amigos e (as) foi colocado no ar A Viagem desse
    Natal de 2012.
    Deixei na postagem um mimo caso gostar fica
    a vontade para trazer para seu blog.
    Um abraço carinhoso tenha certeza
    minha amizade é absolutamente e Sinceramente
    verdadeira.
    Carinhosamente,Evanir..

    ResponderExcluir
  3. Maria Alice, Querida!

    Texto lindo, emocionante!
    Linda compreensão, da forma que Deus age em nossa vida!
    Seja muito feliz!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá,maria Alice!!Boa Noite,amiga!
    Ao começar a ler, não consegui desgrudar os olhos do texto.
    Foi muito impactante!Cheguei a emocionar-me.
    Não sei se é fictício ou real,mas, senti tristeza e alegria.Alegria essa que só se entende quando se é mãe!!
    Foi o que causou no meu coração.
    Beijos na alma,amiga.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  5. Oi Maria Alice.
    Que história mais triste você escreveu, espero que seja ficção.
    Obrigada pela visita
    Beijos lunar
    Lua Singular
    Volte sempre

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga,tem um convite para ti em meu blog.
    Abraços
    Sinval

    com direito a acompanhante

    ResponderExcluir
  7. Maria Alice, estou tocada profundamente por este seu texto tão profundo e vivido. As palavras parece que se me fugiram, bem para longe, não as tenho comigo, só posso lhe dizer que senti cada palavra que escreveu com o mais profundo da minha alma.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  8. Maria Alice, que texto mais lindo.
    Muito obrigada pelos selinhos, pelo carinho, por ser quem é.
    beijo da Nina

    ResponderExcluir
  9. Estimada Maria Alice, obrigado por su atencao hermosa!
    Sempre e um prazer muito grande passar por seu cantinho encantado,
    que o Menino Jesus este sempre a seu lado con su amor eterno.

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Querida

    Amei sua visita,tive saudades
    Obrigado por seus selinhos,por lembrar de mim amei fiquei muito feliz.
    Vou coloca-los no
    Mimos selinhos da Lu,com sua licensa vou oferecer a todas as amigas seguidoras

    Sua histótria,bem marcante
    Desejo a vc paz saúde neste Natal,muitas alegrias
    Bjos no coração

    ResponderExcluir
  11. Obrigada Maria Alice,fiquei muito honrada e agradecida pelo presente.
    Um abraço na paz do senhor.
    Maria da Graça

    ResponderExcluir
  12. Oláaa Maria Alice

    Obrigada por ter lembrado da minha pessoa.
    Os selinhos são lindos.

    AMIGA DA MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  13. Olá Maria Alice!!! Obrigada pelo carinho e selos, que são lindos demais...vale muito!
    Adoro esta sua casa cheia de boas energias, e como é gostoso ficar por aqui!
    Obrigada!
    Bjs e te desejo uma ótima quinta-feira!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  14. OI MARIA ALICE!
    EMOCIONANTE TEXTO,UMA CONFISSÃO DO AMOR DE UMA FILHA POR SUA MÃE TENDO SÓ ATINGIDO SEU APOGEU, AO SER MÃE TAMBÉM, VINDO ASSIM A COMPREENDER A GRANDEZA DESTE SENTIMENTO.
    LINDO!
    JÁ LEVEI OS SELINHOS AMIGA, OBRIGADA.
    Ahttp://www.mariaalicecerqueira.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá Maria Alice, vim retribuir a tua gentil visita nos meus blogs e agradecer por segui-los!!! É uma alegria muito grande ter o prazer da tua companhia. Teu blog é maravilhoso...fiquei emocionada com o teu texto, parabéns!!!
    Abençoada quinta-feira!
    Bjsssss *_*

    ResponderExcluir
  16. Que lindo e verdadeiro Maria Alice, aliás tudo que você escreve é um ensinamento.
    Um abraço e feliz Natal para você também.
    Ah eu peguei o selinho d Natal, muito lindo e muito obrigada por oferecê-lo a mim.

    ResponderExcluir
  17. Eu como uma m~ezona bem coruja tbém chorei quando minha filha foi morar fora do Pais, mas já está comigo de novo, só ficou por uns tempo.
    Achei seu texto muito triste, se for verdade que pena mesmo mas mãe é assim fica com o coração bem apertado quando está longe dos filhos
    Eu gostei muito bom
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  18. Eu como uma m~ezona bem coruja tbém chorei quando minha filha foi morar fora do Pais, mas já está comigo de novo, só ficou por uns tempo.
    Achei seu texto muito triste, se for verdade que pena mesmo mas mãe é assim fica com o coração bem apertado quando está longe dos filhos
    Eu gostei muito bom
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  19. Parabéns pelos 700 seguidores!
    Estou levando os selos para o blog onde arquivo, com carinho, todos os que me oferecem. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Ainda bem que percebeste...
    Obrigada pelos presentes e que DEUS te proteja sempre!
    Abençoado Natal e Ano Novo!

    ResponderExcluir
  21. olá, querida amiga!

    venho te agradecer o teu carinho lá no Vento,
    te desejar um Feliz e Santo Natal
    muita paz
    muita saúde
    muita esperança e fé no devir
    agradeço ainda os presentinhos que levo comigo :))

    obrigada
    abraço grande e amigo.

    ResponderExcluir
  22. Se for ficção, parabéns pelo teu texto tão forte e emocionante.
    Se for real, aceite um grande abraço no coração.

    ResponderExcluir
  23. Hoy en día en la sociedad hace mucha falta la existencia de Dios y de la iglesia . Sobretodo en países desarrollados. En Chile aún tenemos mucha fe entre nuestra gente. Primera vez que me encuentro con este tipo de blog y lo encuentro fantástico . Para divulgar la palabra de Jesús
    Cariños
    Angelica

    ResponderExcluir
  24. Maria alice, minha querida amiga,
    tocou-me profundamente seu texto tão sentido,beijos
    Martha

    ResponderExcluir
  25. Que lindo!
    Fiquei sem palavras com a beleza da sua experiência...
    Força!

    um anjo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice