No dia de hoje sinto saudade



No dia de hoje sinto saudade
Do dia de ontem.
Entre as paredes dos prédios da cidade
Sinto falta da casinha do campo.

Na busca acelerada de altos cargos no trabalho
Sinto necessidade da serenidade da labora, de colocar m Minhas mãos em contato com a terra.
Dentro do transito da cidade
Sinto saudade das caminhadas a pé entre os campos e Vilas e o som do carro de bois.
No corre da vida, sem tempo para nada,
Sinto saudade da calmaria daquela  casinha antiga, que Ficou no abandono lá no passado!
Vida que busca, mas não encontra por conta da Atualização do presente.
A natureza grita por nós, mas nem sempre a escutamos, Ou compreendemos o que ela deseja de nós!
Que não percamos a sua essência, que não a deixemos Morrer por conta de nossa falta.
Que as coisas do mundo não maculem o nosso ser
para podermos viver
A essência do verdadeiro Amor
Do Nosso Criador.




Comentários

  1. Olá!
    Tb sinto saudades de tantas coisas, principalmente da minha infância.
    Lindo e reflexivo texto.
    Bjs e uma ótima noite.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Tb sinto saudades de tantas coisas, principalmente da minha infância.
    Lindo e reflexivo texto.
    Bjs e uma ótima noite.

    ResponderExcluir
  3. Bonita lembrança que fica para sempre no coração.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Uma saudade que pinta um lindo quadro.
    Ainda trago comigo o cheiro de alecrim e de terra molhada.
    Linda semana amiga.
    Meu terno abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo e verdadeiro este texto.
    A felicidade está nas coisas simples que encontramos de graça. Se procurarmos viver em paz com a natureza e buscarmos a serenidade em Deus e em tudo o que ele criou para nós.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Saudade gostosa de sentir. Bom dia, Maria Alice!

    ResponderExcluir
  7. Saudade dos bons tempos são lembranças que purificam nossa existência!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  8. querida amiga Maria Alice passei para ler estes poemas lindos e eixar um abraço chio de crinho sadade um bj grande marlene

    ResponderExcluir
  9. Um blog cheio de luz!
    Um bom dia com muita paz

    ResponderExcluir
  10. Belas lembranças, Maria, lembranças simples de quem é filha da terra e não se acostuma com a frieza da cidade. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Belas lembranças, Maria, lembranças simples de quem é filha da terra e não se acostuma com a frieza da cidade. Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Casa sempre dá saudades....
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  13. Oi Alice
    Seu coraçãozinho tem saudade da terra mãe, deve doer bastante lembrar uma casinha simples no campo e pessoas conversando e muitas crianças brincado
    A saudade dói...
    Mas, temos que viver conforme os designos de Deus
    Um beijo no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Maria Alice.

    Muito lindo seu blog e vídeo.

    Não lembro de ter estado aqui antes como citou no comentário,mas agradeço a visita.

    Volte sempre.


    Beijos e ótima quinta.


    Donetzka

    ResponderExcluir
  15. Maria Alice.

    Muito lindo seu blog e vídeo.

    Não lembro de ter estado aqui antes como citou no comentário,mas agradeço a visita.

    Volte sempre.


    Beijos e ótima quinta.


    Donetzka

    ResponderExcluir
  16. OI minha amiga!
    Parece que escreveu este texto para mim!
    Fiquei imaginando e vivenciando as lembranças que levo em minha alma da casa de minha avó.
    Nunca mais voltarão...
    Querida beijos em seu coração!
    Andreza

    ResponderExcluir
  17. Adorei minha amiga a postagem!
    Voce sempre brilha nas suas suas postagens, sento saudades tambem de minah casita lá no campo... um poquito de vida sana e tranquila.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Com certeza Maria Alice, esta casinha no campo parece bem mais aconchegante do que qualquer prédio por mais luxuoso que seja na cidade de pedra, beijos e obrigada pelo seu carinho, Luconi

    ResponderExcluir
  19. Oi amiga parece que todas as infâncias são parecidas sentimos saudades cheiros os mais diversos, obrigada amiga pela visita seja sempre bem-vinda. Um abraço fraterno. Celina

    ResponderExcluir
  20. OI MARIA ALICE!
    SENTIR SAUDADES DE TEMPOS QUE PASSARAM OU DE COISAS QUE MARCARAM NOSSAS VIDAS É O QUE NOS CONECTA A NOSSA ESSÊNCIA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Querida Maria Alice,

    Creio que nessa saudade que sentimos, é onde mora a poesia!
    E eu tenho tantas saudades!
    Beijo carinhoso, nesse dia dedicado aos amigos!

    ResponderExcluir
  22. Querida Maria Alice, hoje os amigos merecem homenagens especiais, pois é o seu dia.
    “O verdadeiro amigo não é aquele que está com você todos os dias mas, sim aquele que, quando você está no chão ele te ajuda a levantar e diz que sempre que precisar ele vai estar do seu lado”.
    Que você tenha verdadeiros amigos, anjos sem asas, tesouros que não tem preço.
    Na vida Deus me presenteia com grandes amigos, reais e virtuais, todos importantes na minha vida.
    Que bom que posso te chamar e te sentir minha amiga.
    Abraços com carinho e desejo de felicidade.
    Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  23. Querida Maria Alice, hoje os amigos merecem homenagens especiais, pois é o seu dia.
    “O verdadeiro amigo não é aquele que está com você todos os dias mas, sim aquele que, quando você está no chão ele te ajuda a levantar e diz que sempre que precisar ele vai estar do seu lado”.
    Que você tenha verdadeiros amigos, anjos sem asas, tesouros que não tem preço.
    Na vida Deus me presenteia com grandes amigos, reais e virtuais, todos importantes na minha vida.
    Que bom que posso te chamar e te sentir minha amiga.
    Abraços com carinho e desejo de felicidade.
    Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  24. Oi amiga
    No meu blog tem uma mensagem para todos os meus amigos virtuais e você está incluída
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice