Vejo o que o posso sentir

Vejo o que o posso sentir
sinto o que não posso ver
Tudo está na recepção do meu coração
e não na visão do nosso olhar
quer na terra ou sobre o mar.


Vejo o verde da esperança renascer 
em cada novo amanhecer
só que ao anoitecer
teima em adormecer
com o medo de ver
a criança crescer
sem orientação.

Sinto a dor 
da ausência do amor 
dentro da família
entre os povos
e entre as nações.
Mas não perco a esperança
de um dia 
sentir a alegria
de sentir em minha vida
o Amor fazer o seu Valor!








Comentários

  1. O amor faz milagres, lindo.
    Beijo Lisett.

    ResponderExcluir
  2. Olá minha amiga. Antes de tudo sucesso em teu 3º livro. Olha mais um dezembro se aproxima em nossas vidas e, como tradição vamos homenagear o aniversariante Jesus Menino, por isso estou te esperando na Ilha para nos interagirmos no Boas Festas 2014. O convite é um span, pois como sabes que meu tempinho é curto. Um enorme beijo no coração.

    ResponderExcluir

  3. Sua amizade sempre foi muito importante para mim
    sem duvidas acredito ter lutado muito nesses anos
    embora poucos estavam comigo a quase dez anos atrás.
    Hoje estou passando para deixar um
    pouco do perfume que ficou no frasco.
    Embora tenha capacidade de entendimento,
    que passado é perfume de primaveras mortas.
    Agradeço por tua amizade tão especial,
    e por me fazer sentir que ainda sou
    alguém com quem você se importa.
    Deus te abençoe ..sempre..
    Um abraço grande ,
    e especial.
    Com muito carinho.
    Evanir.
    Tenha uma linda ,
    e abençoada semana..
    Eu amo vir a seu blog gosto imenso.
    Em 14 de Julho 2013..
    Hoje posso chamar de ano dourado..
    Estou matando saudades!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice