Uma linda historia de amor




Duas crianças nascem em países diferentes; o menino nasce no Brasil e a menina em Portugal, que pela obra do destino eles vêm a estudar no mesmo país, na mesma aldeizinha, no mesmo Colégio, no norte de Portugal.
Desde o nascimento, o menino luta pela saúde física e equilíbrio emocional.
Na esperança de resgatar o amor matrimonial, seus pais vão viver em Portugal, mas não dá certo, então o pai regressa ao Brasil, deixando em neste país a esposa e os filhos, que são ainda garotinhos. Por conta disso, a mãe precisa trabalhar para  sustentar os filhos, fazendo com que o menino (o primogênito) com apenas 8 anos de idade,  precise cuidar dos irmãos mais novos, cujo o caçula, tem apenas alguns meses de vida. O menino cuida de seu irmãozinho com todo o seu amor dentro de suas limitações, mas um dia ao lhe dar a mamadeira, ele vê que seu irmãozinho, não se mexe, pois veio a falecer. Este acontecimento abre uma ferida em seu pequeno coração.
 O tempo passa e a dificuldade aperta, e por conta de não ter o que comer em seu lar, o primogênito, sai de casa para matar a fome, e assim se torna um menino de rua.
Mas logo a mão de Deus cuida para tirá-lo deste terrível sofrimento, e o menino é levado para a casa da avó paterna, que fica numa aldeizinha no Norte de Portugal. Onde veio a ser tratado com muito carinho e amor. Vai para a escola e entra no catecismo.
Aqui tudo estava bem para o menino, então mais uma vez o destino, ou a obra humana, o faz regressar ao seu país de origem, aonde vem a conhecer e a sentir novamente a dor da desunião familiar, a dor da rejeição e da incompreensão, o que o leva a não dar valor a sua própria vida, e tenta tirá-la varias vezes.
Mas Deus o ama muito, e por conta deste Eterno Amor, cuida de sua existência, não permitindo que sua dor seja mais importante, que sua própria vida.
Um dia,  cansado da vida que leva, o jovem resolve ir atrás de seus sonhos, e resolve viajar para Portugal com a intenção de se casar com sua prima que namora por cartas a algum tempo.
Desde o nascimento a  menina luta pela sua vida, pelo equilibro emocional, e busca a razão do porque que se sente rejeitada pela sua própria mãe e familiares.
Por conta do sonho de oferecer uma vida melhor para sua família, seu pai vai trabalhar em outro país (França), deixando em seu país (Portugal) esposa e filha (que é ainda uma bebezinha). Mas as saudades que o pai sente de sua família é tanta, que as leva com ele para lá. Mas depois de alguns meses, ele sofre um grave acidente de moto, aonde vem a falecer, deixando a filha com três aninhos de idade e a esposa grávida de cinco meses. Por conta desta tragédia a mãe da menina regressa a Portugal, aonde bem dar a luz bebezinho lindo, mas que infelizmente nasce sem vida.
Por conta da necessidade financeira, a mãe da menina, volta para França, levando a filhinha com ela, aonde trabalhava como domestica, mas certo dia, na casa de seu patrão, um homem é morto acidentalmente, e ela é forçada é limpar o sangue do mesmo, que estava espalhado pelo chão. Este acontecimento fez a mãe reviver toda a trajetória do acidente do marido, com isto e com o que está oculto em seu coração, a fez desenvolver uma terrível doença, (esquizofrenia depressiva aguda). Por conta de sua doença ela vai para um hospital psiquiátrico e a menina vai parar num orfanato, aonde vem a passar fome. Meses depois a mãe e filha vêm de ambulância para seu país. ( Portugal)
A menina órfã está a cuidados da avó materna, porque  sua filha (mãe da órfã) por conta da doença, a cada seis meses é interna no hospital psiquiátrico. A avó à leva para a escola e para o catecismo. Aos treze anos de idade a jovem vai estudar em outra cidade, (Braga) num colégio de Freiras. Vindo a passar dois anos, aonde se sente muito bem e em paz, mas certo dia ao ler, sente fortes dores de cabeça, dores estas tão fortes que a fazem desistir de prosseguir com os estudos e volta para a casa da mãe.
Aqui ela precisou dar um passo maior do que ela podia para a sua idade, (16 anos), pois sua avó tem um derrame e fica encamada. A jovem agora precisa cuidar da avó, e da mãe e de toda a casa.
Certa tarde do mês de maio, ao vir da igreja, a jovem ao ver um jovem, usando apenas um short, pilotando uma moto, seu coração dispara, e a partir desta tarde, a jovem não é mais a mesma, uma jovem sem sonhos, ela sente que sua vida está para mudar radicalmente, será?
Para todo lugar que a jovem vai ela vê o tal jovem motoqueiro, e seu coração se sente a cada segundo que passa muito mais ligado a ele. Mas quem será ele? Pois ela nunca o viu por aqueles lados.
 Na festa de são Roque o destino lhes proporcionou um encontro, meio que por um passe de mágica, a jovem logo se vê noiva do jovem, que por sinal é brasileiro. Mas é neste momento que mais problemas aparecem. Todos são contra ao futuro casamento desde o padre, cartório, a família da jovem e do jovem. A esta altura a jovem se vê num beco sem saída, ela precisa ficar para cuidar da família, mas também não quer, e não pode perder o amor de sua vida.
Diante de tão difícil decisão, a jovem não tem para onde correr a não ser para as mãos de Deus, e com a ajuda Dele, com fé, cara e coragem, ela decide jogar todo para o alto, e apenas com a permissão da mãe ela vai com o jovem para o Brasil, com a esperança de viver um único e verdadeiro Amor.

O jovem casal chega ao Brasil, ele com 20 anos e ela com 16, dois jovens imaturos para tamanha responsabilidade, formar uma família.
A jovem não foi bem vinda á casa do pai do noivo, onde começa mais uma tormenta, e o sonho da felicidade dos dois começa a desmoronar. Eles são expulsos da casa do jovem e vão dormir na marcenaria do pai do jovem.
Meses depois a mãe da jovem vai ao Brasil para o casamento. Casamento muito simples não houve festa, apenas, depois da cerimônia do mesmo, os pais dos noivos ofereceram um almoço para os vinte convidados.
Meses depois a jovem dá a luz um menino que faz o coração do jovem casal muito feliz.
Por conta da doença a mãe da jovem não lhe dá paz, a mãe a culpa pela sua infelicidade e ausência em seu lar, o que deixa sua filha muito dividida entre a família que construiu e a sua mãe.
Anos se passam e a jovem fica grávida, vindo dar a luz mais um menino, o que deixa o coração da jovem mãe oprimido em vez de feliz.
Meses depois uma ex-namorada do jovem aparece para tirar a paz do jovem casal, ela apresenta a filha como sendo filha também do jovem, propondo propostas insensatas para o jovem.
Diante do que está acontecendo, de tão grande tormenta, as ideias se repetem, e o jovem assim como seu pai no passado, decide viajar para Portugal com a esperança de dias melhores, em busca e paz para sua vida e família, mas antes desta ideia se concretize o filho do jovem casal contrai meningite bacteriana, e falece, deixando o coração deste pobre casal dilacerado. Com a partida do pequenino para o céu, a jovem mãe perde a alegria de viver, e se entrega por completo a eterna dor de perda do seu tão amado bebezinho. 
Pobre jovem, sozinha neste mundo de meu Deus, longe da família, da mãe e sem amigos, precisa arrancar força dentro de si para cuidar de seu marido e do seu filho primogênito, que está sentindo muito a falta do irmãozinho.
Como já não bastasse todo este sofrimento, a jovem vivencia todo o sofrimento de sua mãe, (quando seu pai sofreu em acidente de moto e faleceu), através da noticia de que seu jovem marido também acabou de sofrer um acidente, que o leva ao portal da morte. Diante do que está acontecendo, a jovem precisa esconder a dor do medo, e se agarrar a esperança de que ela não terá o mesmo destino de sua mãe.
O jovem volta á vida, mas não reconhece ninguém por vários meses, nem mesmo a esposa e filho.
Com fé e perseverança no amor de Deus, a jovem esposa se faz forte e ajuda seu jovem esposo a se recuperar a saúde, e com muita dificuldade ele volta ao trabalho.
O jovem casal vai bem, a não ser pelas cobranças da mãe da jovem que não param de cessar,  ela liga para a filha varias vezes ao dia, por conta disso o jovem casal junto com o filho viajam para Portugal, para cuidar da parte emocional e física da mãe da jovem, uma vez a cada três anos.
A esta altura a jovem esposa é surpreendida com um exame positivo para gravidez, mas como isso é possível, se ela ligou as trompas após o parto do seu filho caçula. Dias depois a jovem esposa leva um tremendo susto, quando se vê na frente de um carro, aonde pode ver o rosto do motorista, ela nada sofreu, a não ser que no dia seguinte, ela recebe a noticia de que  perdeu o bebe. Não se sabe bem ao certo por quê? Mas a partir deste acontecimento a jovem passa a sofrer com problemas hormonais.
Alguns anos se passam e aparece uma moça com uma criança, (filho dela) na vida deste jovem casal. A moça é a filha da mesma ex-namorada do jovem, e se apresenta a ele como sua filha, o surpreendendo com a ideia de que já é avó.  O jovem fica tão deslumbrado com ideia de ter uma filha que já é mãe, o que não consegue ver que pode estar caindo numa cilada para destruir seu casamento.
Neste meio tempo a mãe da jovem vai de mal a pior, sua doença está tomando o seu corpo e espirito. Pobre jovem o que pode fazer agora diante de tão difícil decisão, tenta salvar seu casamento, ou viaja para Portugal para cuidar de sua mãe. A jovem agora tem o apoio de uma grande amiga, mas nesta faze, esta realmente, não tem como  ajuda-la, pois são decisões que a jovem precisa decidir sozinha.
Mas ela sempre conta a força de seu melhor amigo Jesus Cristo, e Ele arruma tudo de forma que, mais uma vez, o jovem casal, acompanhado do filho, (já adolescente) viajam para Portugal, onde passam momentos muito difíceis, aonde só podem contar com a força e o Amor de Deus, para que possam deixar a mãe bem, ou da melhor forma que podem. Depois de alguns meses, eles retornam ao Brasil, mas a jovem vem coração oprimido, pois sente que foi a ultima vez que viu a mãe.  Seu coração está certo, porque meses depois, ela recebe a triste noticia de que sua  mãe faleceu, meio a dor da perda a jovem sente paz, porque sente que sua mãe finalmente entrou a paz que tanto almejou.
A jovem perdeu a mãe, mas como Deus não tira uma coisa, sem dar outra, ele levou a mãe da jovem, mas logo lhe agraciou com um lindo presente, abençoando com doação de uma filha de coração, uma filha para este jovem casal apreender amar incondicionalmente.
A jovem agora órfã de pai e mãe arruma força no amor de Deus para continuar ao lado de seu amado marido, de seu filho e agora de sua filha de coração.
Todo este sofrimento tonou o jovem casal mais forte e feliz, para enfrentar os desafios da vida que virão pela frente. A jovem agora muito mais forte despertou o dom de escrever, escrevendo o  livro do qual este resumo trata. Dois Jovens em Busca da felicidade .

Um dia eles serão apenas uma só gotinha de amor dentro do coração de todos os seus amigos.
A felicidade é isso. O verdadeiro Amor.
Deus!



Comentários

  1. Que lindo texto!
    Emocionou-me:
    Maria Alice, já te adicionei, estou te seguindo, veja se deu certo
    Beijos
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  2. Bom dia.

    A história é muito, muito emocionante. Parece um filme.

    Um grande abraço.
    Estou lhe seguindo.

    Muito obrigada pela honra da sua visita.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderExcluir
  3. A vida dá muitas voltas, cada ser tem de carregar a sua cruz, mas o amor só esse vence.

    obrigada pela visita ao meu cantinho e palavras lá deixadas
    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá. que texto lindo a gente fica realmente emocionado. Conheci o link vim visitar adorei tudo, parabens pelo trabalho. Tomei a liberdade estou seguindo.
    Um bom FDS com muita paz.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. obrigada por me visitar;] estou seguindo, gostei daqui

    ResponderExcluir
  6. Uma história emocionante com muitas partidas e chegadas, sem falar nas perdas. Há vidas assim que são um desfiar de dores e contratempos e só uma grande força e muita fé conseguem pôr a caminho sempre que, por força das circunstâncias, têm de parar! Exemplo de vida e de coragem!
    beijo.
    Graça

    ResponderExcluir
  7. Querida muito lindo seu Blog...um encanto muito acolhador...fiquei muito feliz com sua companhia no meu Blog, sinta-se em casa por lá também.
    Que a semana que se inicia seja abençoada e feliz...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  8. Olá Maria Lúcia,
    Passando para agradecer por seguir-me e, tbem,
    para te dizer que o teu blog é muito bonito. Adorei. Gostei muito da história.
    Já que estás me seguindo, que tal postar um comentário em meu blog? Eu iria adorar! Já estou te seguindo também.
    Beijos,
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  9. Muito triste, porem, de uma grandeza de exemplos de força e coragem e no acreditar na vida, no acreditar que existe o outro dia... Gostei de sua visita,e comentário, abraços, E um lindo dia para voce.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice