Sedenta de amor




Olho para mim, e sinto como sou sedenta de Amor. Como o meu coração depende deste Amor, para poder me sustentar de pé, dando um passo de cada vez em direção á fonte da vida.

Como sou sedenta deste amor, e como preciso Dele para molhar os meus lábios que estão estalando com tanta sede, se eu não colocar, apenas algumas gostas deste Amor, meu corpo e minha alma secam. Eu dependo Dele para que minha vida seja vivida serenamente. Meu coração é muito, mas muito mesmo, cedente e dependente deste lindo amor. “Deus”.

O meu coração é um mistério, que vive me surpreendendo a cada dia, que passa. Quanto mais deixo Deus tomar conta dele, mais surpreso eu fico. Se ficar vem atento, vou sentir, o quanto Deus me quer bem, e que faz de um tudo, para que eu seja, sempre, muito feliz, em minha vida.

Eu estive observando, e descobri que, quanto mais amo os meus filhos, e amigos, mais amor, eu tenho para lhes dar. Este amor se torna uma fonte inesgotável, dentro do meu pequeno coração.

Quanto melhor, eu os compreendo, descubro, que tenho a capacidade, de entender o que está oculto em seus corações.

Quanto mais eu sinto, a presença de Deus em minha vida, tenho uma visão muito mais ampla do que meus olhos podem enxergar, consigo ver, o que não o que não se vê normalmente.

Quanto mais a minha fé cresce, mais ela se torna muito pequenina, para o que eu posso alcançar em minha vida.

Quanto mais eu sinto, a presença do amor de Deus, no meu coração, mais eu sinto, que sou muito dependente Dele. Sofro muito por carência deste Amor, pois sem Ele, não conseguirei ir mais alem. É Ele que me dá a força de tomar o caminho que tenho que seguir. Preciso muito Dele, para me realizar, amando os meus filhos com todo o meu coração, ama-los mais do que a minha própria vida.

Quanto mais Amor eu recebo, mais eu desejo e preciso a receber, para poder amar muito, com muita mais força a todos os meus queridos filhos e amigos, que sinto em meu coração, o quanto eles são frágeis, porque são muito carentes deste grandioso Amor.

Como nós somos dependentes e cedentes do Amor de Deus. Quando não conseguimos abrir o nosso coração, e não deixamos este amor penetrar em nossas vidas, nos tornamos pessoas totalmente insatisfeitas, amargas, secas, egoístas, com uma maldade e crueldade sem limites, invejosas a tal ponto de não nos importarmos, nem ligarmos para quem está sofrendo ao nosso lado, por falta de nossa compreensão, solidariedade, e nosso ato de carinho.

Muitas vezes um simples gesto de carinho, ou uma doce palavra, pode restaurar a nossa alta confiança, e transformar a nossa alma.

Como um dialogo entre dois amigos, falando somente com os sentimentos sinceros do coração, podem desfazer todos os nós, todos maus entendidos, e com isso restaurar a fraternidade, a paz e fortalecer a amizade, se tornando um Elo do mais puro e verdadeiro Amor.

Eu sinto em meu coração, que nós sofremos demais. Pois somos muito carentes do Amor de Deus, porque fechamos o nosso coração a Ele. Muitas vezes nos tornamos pessoas muito infelizes, devido a não nos damos a chance de conhecer, experimentar, e sentir este Amor, por causa das coisas, e dos desafios do mundo de hoje. É um corre, corre, que parece que nunca temos tempo nada, principalmente para sentir, o chamado do Amor de Deus em nosso coração, em nossa vida.

Eu me recordo de quando era menina, que não tem tanto tempo assim. Eu sentia o Amor fervoroso nos corações das pessoas. Via com muita clareza a presença deste lindo Amor transbordar em suas almas.

Eu sentia, num simples aperto de mão, um beijinho no rosto, num olhar límpido, nas horas das refeições, no trabalho, a presença do Calor de Deus em suas vidas, que fazia seus corações transbordar de tanta serenidade, harmonia, paz, e felicidade.

Quando menina, eu não sei bem porque razão, sentia muito mais, ou melhor, eu via a presença viva de Deus, circulando entre nós, e em toda a natureza. Olhava para uma flor, e via, Deus nela. Olhava para uma pessoa, e sentia a presença Dele, em seu coração. Eu embora não o pudesse ver fisicamente, podia sentir a sua presença em cada flor, arvore, enfim em toda a natureza, e em cada um de nós.

Hoje eu fico muito triste, porque não sinto, a sua presença tão viva entre nós. Sinto que a sua presença está adormecida em nosso coração, não que Ele tenha se afastado de nós, pelo contrario, Ele está muito mais próximo de que nunca, e sofrendo de mais da conta, por nossa causa, por não nos importarmos, com o quanto Ele nos quer bem. Nós O estamos matando a cada dia, dentro do nosso coração, a cada vez, que rejeitamos o seu Amor por nós. Com isso, vamos nos afastando mais, e mais, deste grandioso Amor, onde ficamos muitíssimo carentes pela Sua ausência em nossa vida. Sentimos uma dor tão forte, que parece, que vai arrebentar com o nosso coração.

Hoje, nós damos mais valor as coisas do mundo, do que as de Deus, por isso nós sentimos muito infelizes. Nós retiramos do nosso coração o Amor, e colocamos em Seu lugar, as coisas do nosso dia a dia, nos esquecendo de que hoje estamos aqui, estamos bem, pensamos que somos felizes, mas e a amanha; será que vai ser como hoje; será que não já teremos partido. Se isso tiver acontecido, aí é que vamos saber a diferença de o que é ser feliz de verdade, ou ser infelizes para sempre. Só que não temos mais chance de mudar, pois o que tivermos de fazer para ser realmente feliz temos que faze-lo agora, e não esperar para o dia seguinte.

É não tem jeito mesmo, somos verdadeiramente cedentes, e muito dependentes deste grandioso Amor. Se realmente quisermos modificar e viver a nossa vida, sendo felizes sentindo este Amor, temos que esquecer, de viver somente para as coisas deste mundo, e abrir um pouquinho o nosso coração, para o Amor de Deus para que possamos O sentir, e aprender a Ama-lo. Pois somos inteiramente cedentes de seu grandioso Amor.

Pois somos, muito, mas muito dependentes de seu amor. Toda a via é o seu Amor que cura todas as nossas carências e fragilidades, é Ele que tampa o vazio, que sentimos dentro do nosso coração.

Podemos experimentar um pouquinho mais da felicidade, se deixarmos o Amor de Deus penetrar no nosso coração e tomar conta de nossas vidas, nos fazendo instrumentos de seu Amor.




Comentários

  1. Oi,amada!!
    Sim,Jesus é a fonte de vida!!
    E o seu amor é tudo!!
    Sem Ele não somos nada!!
    Boa semana,querida.
    Bjs no core!!

    ResponderExcluir
  2. El Amor y la Esperanza Divina lo es todo. La Fé es la esencia de nuestro devenir por esta vida.
    Un abrazo, María Alice.

    ResponderExcluir
  3. Venho te visitar, depois da Santa Semana passada para te deixar um selo do Dia do Carinho no blog de selos do www.arteseescritas.blogspot.com.br

    Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  4. Olá Maria Alice, quanto mais descobrimos o amor em Jesus mais expande a felicidade em nós. Maravilha de texto!Que você tenha uma ótima semana! Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Inesgotável deve ser a nossa fonte de amor para vivermos bem conosco e com o outro.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice