Quando olhamos



Quando olhamos para o azul do céu, sentimos a leveza do nosso ser, e ao ver as cores das flores esquecemos as nossas dores.
Como é rica a nossa fonte de nossa vida, e como ela nos realiza no verdadeiro e único Amor!

Comentários

  1. Lindo e as flores alegram mesmo!!beijos, linda semana!chica

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga:
    Seus versos são intensos.
    Obrigada por vir compartilhar o meu aniversário. Oxalá que todos os meus amigos tenham uma vida cheia de sorte, sucesso e amor como é a minha.
    Obrigada
    Dorli

    ResponderExcluir
  3. Linda mensagem Maria Alice, toca bem no fundo do nosso coração, tenha uma ótima semana amiga. bjsss

    ResponderExcluir
  4. Realmente para quem sabe olhar e sentir um novo amanhecer, um azul do céu, as flores que adornam nossa vida... só tem a agradecer a Deus!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  5. Maria Alice Cerqueira:
    E é dessa fonte vida, que brinca diariamente o amor que nos fortalecemos e vivemos a vida! Texto suave e leve e lindo!

    Meu carinho!

    ResponderExcluir
  6. OI MARIA ALICE!
    ESTA FONTE QUE CIRAS É DEUS.
    SÓ ELE, COMO DIZ TEU TEXTO, TEM O CUIDADO DE NOS BRINDAR COM UMA NATUREZA TÃO EXUBERANTE E BELA, CAPAZ
    DE FAZER COM QUE ESQUEÇAMOS NOSSAS DORES.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  7. Maria Alice querida!
    Lindo e verdadeiro pensamento.
    Realmente, ao contemplar o azul do céu e as flores sentimos a leveza do nosso ser e a grandeza de Deus.
    Abraços e uma semana abençoada pra ti.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Maria Alice!
    Lindos versos, já sinto o prazer da nova estação climática, a mais linda de todas, a primavera das flores multicoloridas que enfeitam nossas vidas!
    Abraços
    Ivone

    ResponderExcluir
  9. A leveza que emana das cores de todas as flores realmente dá a mágica sensação do divino.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice