O que foi que ficou?


O que foi, que ficou?
De um tempo que passou
que não volta mais.


Hoje vivemos cobertos de ais
por vivermos como simples mortais.

Falar do ser divino é proibido, 
foi totalmente esquecido
naquela casa antiga
que foi adormecida 
por uma triste cantiga.

 Mas o que foi que ficou?
daquela casa de pedra 
que sempre procurou
dentro de sua frieza
manter acesa
 a chama do amor 
de Deus Nosso Criador.

Mas o que foi que ficou?
O  que mudou
entre a erva seca e o azul do Céu.
O abandono do ser
que teima em não retirar seu véu 
Para não ver
o mundo enfraquecer
diante da modernidade,
nos afastando da antiguidade.

Para não ver 
as oliveiras tentando sobreviver 
ao tempo da modernidade
dentro de sua antiguidade.

 O  seu fruto era pego com mãos simples  
que faziam o azeite puro
sem conservantes.
Azeite que era colocado 
numa lamparina sobre o altar 
para manter acesa 
a luz do Altíssimo, 
durante o dia e a noite. 

Hoje tudo é tão moderno
que o passado ficou no esquecimento.
Em vez de lamparinas com aroma da natureza 
temos lâmpedas com luz artificial.
Em vez de construções solidas sobre a pedra
fazemos lares sobre o barro escorregadio 
que ao menor sopro de vento caiem por terra.
Em vez de cuidar de nossa família dentro do Amor divino
deixamos que o mundo exterior cuide dela.
Em vez de manter viva
a chama do Amor do nosso Criador
a sufocamos com o novo 
que não tem valor.

Mas o que foi o que ficou?
A esperança de um dia 
sentir a alegria
de sentir renascer
a essência do  Amor
de Deus Nosso Senhor! 



Comentários

  1. Isso deve ficar para sempre ,não? Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo amiga.
    Onde foi que ficaram estas emoções, que nos deixávamos mais próximos das coisas,seres e natureza?
    Onde foi que ficou a sintonia?

    Uma bela semana de paz e luz.
    Meu terno abraço.

    ResponderExcluir


  3. Llena tu mente de bellos pensamientos
    y deja que ellos trabajen en tu corazón,
    pintando un interior de alegría,
    para que aflore en el espejo tus ojos
    la más bonita de las sonrisas.

    Te deseo tengas un hermoso
    comienzo de semana.

    Esta amiga que te quiere y aprecia!
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
  4. Teu poema me comoveu, pois hoje eu tenho pensado muito no que se transformou a família. Não gosto do que está acontecendo com a minha, e por mais que eu tente mudar, sinto que nos afastamos cada vez mais. É triste, é terrível perceber isto. Acho que quando os pais morrem, isso pode acontecer. Talvez eles sejam o elo mais forte, quem sabe...

    ResponderExcluir
  5. Ficou a lembrança de um tempo lindo!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Entrar no seu blogue é quase como
    entrar numa igreja. Apetece ficar
    muito silenciosa a ler e ouvir.
    Beijinhos
    Irene Alves

    ResponderExcluir


  7. A ti que estás leyendo esto, te dejo las siguientes menciones...
    Que tengas un fin de semana colmado de bendiciones,
    para que tu corazón siga siendo un vergel de emociones.

    Que a donde mires veas amor, siendo un toque de esperanza
    y hacía donde camines encuentres la felicidad con templanza.

    Esta que te quiere
    y nunca te interfiere...
    Atte.
    María Del Carmen




    ResponderExcluir
  8. Fica sempre a lembrança e a esperança de dias melhors...

    Venha fazer parte de uma brincadeira... é uma perguntinha simples, mas pode-se responder com o coração, te espero lá...
    http://livrosleituraeciadacris.blogspot.pt/

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá querida amiga, peço desculpas por andar um pouco sumida, mas aqui estou emocionada e com lágrimas nos olhos pelo lindo poema!
    Só pessoas especiais, com profundo sentimento assim como tu, amada, conseguem expressar de forma tão bonita o que escreveste e que nos fazem refletir. Parabéns e obrigada!

    Beijos, boa noite e um lindo amanhecer repleto de bênçãos! \o/

    ResponderExcluir
  10. Lindo! Ficou a lembrança e a ternura...
    Beijos e bom fim de semana.
    Lita

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua visita ao mundo mágico do coração!
Seja sempre muito bem vindo!
Volte sempre...
Abraço fraterno
Maria Alice